As voltas que a vida dá…

As voltas que a vida dá…

A vida é mesmo estrannha né? Posso dizer que há um ano atrás eu estava à toa e hoje, tô aqui, trabalhando feito louca para eleger um deputado que eu nem sabia que existia. Voltas que a vida dá…

* * *

Há um ano atrás eu também estava preocupada em cuidar da Hannah e em tentar ser uma boa mãe. Descobri que nem sempre vamos ser uma boa mãe, como na maioria das vezes vamos ser sim, mesma achando que não.

Hoje, preciso ser boa mãe, boa mulher, boa profissional, boa tudo… !!! Cruzes, quanta responsabilidade!!! Com tantos “boas” para ser, é impossível ser bom 100% do tempo. Por isso, vou ter que me convencer a ser boa 100% do tempo que tenho para ser em cada momento.

Por exemplo, ser boa namorada… Esse final de semana o Gustavo estava gripado. Queria ser uma boa namorada e estar com ele todo o tempo. Mas… não deu! Precisei ser boa mãe, boa neta e boa filha também. Além de ser boa amiga (mas isso, Gabi, desculpa, não consegui).

Fica a lição. Não dá para ser todo tempo bom em tudo. Vamos ser 100% bons nos momentos que podemos sê-lo, em cada função a cada momento. Eu tentei (pelo menos!) ser 100% boa mãe quando estava com a Hannah; 100% boa filha, com a “Dona” Vera; 100% boa neta, com a “Dona” Cleyr; e 100% boa namorada com o Gustavo. Cada um no seu momento. Faltou a Gabi, mas essa fica para o próximo final de semana. E… se não fui 100% com alguém, me desculpem. Prometo melhorar no próximo momento com vocês!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s