Maldade pura

na Veja dessa semana

Da série “maldades da oposição”: depois de Lula beijar a mão de Jader Barbalho, pedir votos para Newton Cardoso e publicamente descrever Ney Suassuna como um “homem decente”, não será surpresa se Fernando Collor virar seu líder de governo no Senado, num eventual segundo mandato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s