Saiba como aproveitar a rede BitTorrent

Criado para transferir arquivos pesados, o protocolo de trocas depende dos usuários para funcionar

Do Jornal do Brasil

É possível baixar filmes por meio de download direto, clicando em um link e recebendo o arquivo hospedado em um servidor direto na sua máquina ou pelas redes de troca como o Kazaa e o eMule.

Mas o maior e melhor acervo da rede é distribuído por meio do protocolo BitTorrent. Usar essa rede é fácil, mas exige um programa receptor e o aprendizado de alguns termos. Outro detalhe: dependendo do tamanho do arquivo e do número de pessoas que compartilham o conteúdo, um download pode durar dias. Os programas que usam o BitTorrent não possuem buscadores que mostram diretamente os arquivos. É preciso entrar em sites de conteúdo, os trackers, e baixar um documento que indica ao software o caminho até o filme, o jogo ou o pacote de dados.

Esse arquivo usa a extensão Torrent e, geralmente, tem menos de 100 Kbytes. A velocidade da rede BitTorrent depende do número de usuários que está baixando o mesmo conteúdo. Por isso, o ideal é escolher filmes que tenham o maior número de seeds, ou sementes. Dessa forma, os trechos do documento estarão disponíveis em um número maior de fontes e a cópia será mais veloz.

Depois de escolher e de copiar um arquivo .torrent para a sua máquina, será preciso usar um programa especial que interpretará as direções e começará o download. Entre as opções mais populares, estão o Azureus, o Shareaza e o BitComet. Todos são gratuitos, exigem pouco do PC e podem ser obtidos em portais como o Superdownloads e o Baixaki.

A troca – Antes de começar o down- load do filme, é importante reservar espaço no disco rígido. Mesmo sem terminar a cópia dos arquivos, o software que acessa a rede BitTorrent já cria uma pasta com o nome final do documento e ocupa o espaço que ele terá. Esse procedimento pode gerar confusão, pois o arquivo já vai aparecer no seu micro, mas não estará pronto para ser aberto. É preciso aguardar a barra de download mostrar 100% para abrir e usar o documento baixado.

Durante a transferência, o programa receptor mostrará dois medidores de velocidade diferentes. Um mostra a taxa de download, os bits que chegam da internet e entram na sua máquina. O outro mostra a taxa de upload, os dados que saem do seu PC rumo à internet. Ambos usam como medida a divisão de Mbits por segundo.

Quando o download termina, o arquivo continua sendo compartilhado. Essa tarefa ajuda os outros usuários a baixar conteúdo com mais rapidez, mas não é obrigatória. Se quiser, é possível cancelar o upload e apagar o arquivo .torrent da sua máquina. O conteúdo baixado ficará inalterado e poderá ser usado normalmente.

Pacotes – Alguns arquivos da rede BitTorrent chegam em formatos compactados e precisam de um tratamento especial.

Extensões como ISO, DAA, BIN e CUE mostram imagens de gravação. Elas devem ser copiadas em um CD ou em um DVD ou acessadas com a ajuda de um programa especial, como o PowerISO.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s