Futuro do Pretérito

Do Digestivo Cultural 

1. O preço da veiculação de anúncios na mídia tradicional cairá pela metade em cinco anos;

2. As empresas de mídia líderes de mercado não produzirão mais conteúdo;

3. O comercial de trinta segundos sobreviverá;

4. Veremos a ascensão de especialistas e de agregadores de conteúdo;

5. A morte do slogan será decretada e a história de cada um com a marca se fortalecerá;

6. Departamentos de marketing vão se dividir entre “marketing em forma de histórias” e “marketing em forma de conversação”;

7. Surgirão as “franquias” da marca, por tipo de consumidor;

8. Surgirá a micro marca global;

9. Surgirão as Comunidades Fiscalizadoras da Marca;

10. O Distúrbio de Identidade Digital e a Esquizofrenia Digital serão finalmente reconhecidos, como patologias, pela medicina.

Tradução livríssima (minha) para The future isn’t what it used to be (ou “O futuro não é mais como era antigamente”, segundo a Legião Urbana), um manifesto de Richard Stacy (via Manfatta…)

por Julio Daio Borges

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s