Esse Pan e seus nomes curiosos

Do Blog do Esporte, do UOL

Como não podia faltar em grandes eventos esportivos, entre os nomes dos mais 5.000 atletas presentes no Pan, muitos depõe contra seus donos. O mexicano Juan Veloz tem um nome apropriado para um velocista das piscinas, mas o mesmo não podemos dizer de Yoel Vicioso (atletismo da República Dominicana), Yessenia Bastardo (pólo da Venezuela), Christina Loukas (saltos dos EUA), Anjuli Ladron (futebol do México) e Reymer Vezga (natação da Venezuela). Outro nome que não ajuda é do equatoriano Becquer Barriga, ainda mais que ele compete no boliche, esporte tido como de pessoas sedentárias. Também William Urina não é um bom nome para um boxeador colombiano. Nem fica bem para um maratonista se chamar Pamenos Ballantyne, como o representante das Ilhas Virgens Norte-Americanas. Além dos uruguaios Emilio Taboada (basquete) e Luis Siri (pentatlo), as denominações curiosas contam com as irmãs internéticas Audrey e Jennifer Orcutt, norte-americanas da patinação, e a animalesca Emma Baratta, esgrimista dos EUA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s