Eu apareci …

Pois é. Escrever é um exercício que deve ser praticado com frequência. E como todo o exercício, dá uma preguiçaaaaa de começar.

Mas já que comecei, que tal falar de… Carnaval. Ops, o carnaval já acabou né?

Hum… peraí… então…. bom… 

O mais chato de começar a escrever, quando não se tem nada específico em mente é isso: a falta de assunto.

Tem gente que escreve sobre viagens, tecnologia, música, artes, fofocas. E quando devemos escrever memórias, como fazer. 

***

Sabe, odeio carnaval (sim, vou falar de carnaval). Aquelas pessoas todas suadas, bêbadas, pulando atrás de um caminhão com um som (que som?) abafado, que a gente não entende nada. O-d-e-i-o!

E a pior fase da vida para se odiar carnaval é na ‘pós-adolescência’ (o espaço de tempo entre os 20 e 25 anos). Nessa fase, tudo é festa, bagunça, barulho. Aí, dizer para a turma que você odeia carnaval não é assim, entendido de uma forma muito natural. E não adianta inventar história. Retiro espiritual não rola; o cachorro morrer (de novo!) não cola; desligar o telefone, iiiihhhh, não funciona.

O que fazer então?

Eu fui a uns quatro eventos carnavalescos na minha vidinha. Enchi a cara de qualquer coisa com mais de 10% de álcool e fui. Ajudou a gostar? Nem um pouco!

Aí, o tempo passa… e você já pode dizer: “Nem vem que não tem! Eu odeio carnaval e da minha casa, ninguém me tira!”. E ninguém te tira mesmo!

=)

Boa Quarta-feira de Cinzas pra você também!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s