Razão sem sensibilidade, loucura com mais ibope

As coisas mais belas são as que a loucura assopra e a razão escreve. André Gide

A loucura tem assoprado muitas coisas essa semana. Mas a razão já pediu um tempo. Nem ela está dando conta de tanta maluquice.

Tanto se fala em emoção, usar o coração, acreditar no sexto, sétimo, oitavo sentido (quantos temos, afinal?). Mas me parece, pela experiência, que essa tal emoção está mais para a loucura. Sim, é baseado na emoção que fazemos nossas maiores insanidades, não é? Reflita… Qual coisa sensata foi feita baseada na emoção, no coração ou no milionésimo sentido? Imagem

Eu não encontrei nenhuma. Agora, o que é mais interessante: foram das maiores loucuras que lembrei primeiro. Porque, ao contrário daquelas decisões tomadas essencialmente pela razão, elas foram mais arriscadas e divertidas. E elas, com certeza, vão dar mais ibope nas tardes com os meus netos, um dia!

=D

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s