Pais: exemplo e porto seguro – o resto é com a Vida

BBC Brasil – 2/dez/14: Quando a espanhola Noelia Lopez-Cheda passou a participar de um grupo de Whatsapp entre os pais dos colegas de escola de sua filha, ela achou que seria uma ótima ideia.
A propósito:

“Cara Noélia,
se somos péssimas mães eu não sei – e penso que só nossos filhos poderão julgar mais tarde -, mas somos sensatas suficientes para saber que não precisamos desse relacionamento forçado com os pais de seus colegas para que eles possam ser alunos, crianças, adolescentes verdadeiros.O ritmo louco em que nos encontramos faz com que nossos filhos não tenham mais vida própria, não precisem pensar ou fazer escolhas porque nós, a geração autosuficiente, corre na frente e faz tudo por eles. Sim, é uma crítica! Muito provavelmente, uma autocrítica.Crianças precisam aprender, desde cedo, a fazer escolhas e a vivê-las. Se esqueci o meu dever de casa, corro eu mesmo atrás dele (ou sofro as consequências). Se pretendo ir ao cinema com minhas colegas, definitivamente não se faz necessário uma conferência de pais para discutir e decidir o melhor cinema, a melhor lanchonete para o “after movie”. Se eles vão fazer uma apresentação no colégio, um workshop paternal sobre as necessidades do pré e pós produção é absurdo.

O ambiente escolar é a primeira vivência da criança em sociedade. É onde ela começa a criar, construir, manter e alimentar relacionamentos sociais. Hoje, nós pais, estamos fazendo isso por elas. Esquecemos que esse é o seu ambiente e não nosso. No afã, talvez, de participarmos intensamente da vida de nossos filhos, esquecemo-nos que tudo que é intenso sufoca. E ainda corremos sério risco de criar jovens e adultos dependentes, medrosos, sem capacidade de tomar suas próprias decisões e, menos ainda, de assumir as responsabilidades por elas.

Não li seu blog, Noélia, mas qualquer que seja a razão que tenha expressado, ao meu ver, vai ser justa. De minha parte, pretendo que o ambiente escolar seja sim a microsociedade da minha filha. Que lá ela possa exercitar todas as lições de vida que teve e tem no dia-a-dia em casa. Afinal, é para isso que os pais existem: para serem o exemplo e o porto seguro. O mais, eles (os filhos) precisam resolver com a Vida.”

=D

(Leia o post da Noélia aqui: Me niego a ser la agenda de mi hija)

pais_exemplo

(By Leeroy – Life of Pix)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s