Tema 7/50: A distância e presencial precisam de currículos diferentes?

Cometemos bulling com o EaD quando pensamos em currículos separados

Desde o dia 21 de janeiro, participo de uma iniciativa A Educação a Distância no Contexto Atual: 50 temas e 50 dias online. A ideias é ter 50 dias de debate online, as contribuições serão compiladas e selecionadas e-book. Essa iniciativa é um projeto do Grupo A, a ABED e o Guia EAD Brasil. Vou compartilhar minhas impressões sobre os temas, por aqui. Ótimos 50 dias para nós. O tema 7 é: O currículo de um curso a distância deve ser igual ao de um curso presencial, mantendo a estrutura de disciplinas e currículos dos cursos presenciais? Quais são as vantagens e desvantagens para a oferta e para a formação de experiência dos alunos?


Neste assunto, volto ao tema presencial X a distância/online. Só vamos avançar tanto em qualidade como em aceitação equânime do ensino a distância quando nós mesmos, profissionais da área, assumirmos que não há mais essa diferenciação na vida real. Claro que os formatos priorizam uma ou outra metodologia, forma ou tipo de mídia, mas eles se entrelaçam.

Hoje, o ensino a distância está entrelaçado nas modalidades “ditas” presenciais – isso vai desde o atendimento do professor via email até a disponibilização dos conteúdos da aula e das próprias reflexões em ambientes como repositórios ou blogs. E, em cursos a distância, percebe-se a movimentação dos alunos para encontros presenciais. Ou seja, seguimos o dito popular: está tudo junto e misturado.

Outro ponto a favor do currículo único é, de fato, a qualidade do próprio cursos. Parece ser no mínimo estranho, por exemplo, uma mesma instituição oferecer um curso de Pedagogia presencial com um currículo e EaD, com outro. Com isso, dois profissionais formado na mesma instituição, num mesmo curso, se um em EaD e outro presencial, eles teriam conhecimentos e habilidades diferentes. Esse cenário, ilógico para mim, reforçaria ainda mais as diferenças e aceitação (ou dificuldade dela) em relação ao EaD.

O que não posso deixar de dizer é que, manter o mesmo currículo em duas modalidades não é um trabalho fácil. Inclusive, é um desafio para os educadores, professores e produtores de conteúdo que deve ser enfrentado de frente se quisermos uma educação de qualidade inclusive em EaD.

E você, o que pensa?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.