Tema 19/50: Como escolher um curso EaD?

“Se conselho fosse bom, a gente não dava, vendia” (Minha Avó)

Desde o dia 21 de janeiro, participo de uma iniciativa A Educação a Distância no Contexto Atual: 50 temas e 50 dias online. A ideias é ter 50 dias de debate online, as contribuições serão compiladas e selecionadas e-book. Essa iniciativa é um projeto do Grupo A, a ABED e o Guia EAD Brasil. Vou compartilhar minhas impressões sobre os temas, por aqui. Ótimos 50 dias para nós. A apresentação do tema 19 é: Os cursos superiores EAD (em instituições de ensino privado), em sua maioria, são mais acessíveis financeiramente do que cursos presenciais, mas, ainda comprometem com sacrifício, parte da renda dos alunos que muitas vezes não podem correr riscos de uma escolha errada. Quais são os principais cuidados que vocês aconselham os candidatos na hora de escolherem um curso EAD?


Comecei escrevendo uma lista imensa – e não exaustiva – sobre como fazer a melhor escolha. Aí lembrei da frase com que minha avó: “Se conselho fosse bom a gente não dava, vendia.”.

Assim, fico com o básico: a reputação da instituição de ensino. Se ela entrega um bom curso presencial, é provável que te entregue um bom em outra modalidade também.

Há garantias? Não. Porque o processo de aprendizagem é pessoal. Aquela aula, aquele curso, que fez diferença na minha vida, pode ter sido a pior experiência de aprendizagem para outra pessoa.

Esse é o meu conselho. E não vendi porque nem deve ser tão bom assim!

=D

E você, o que pensa?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.