Tema 23/50: Engajar ou criar vínculo? Onde está a diferença?

Engajamento nem sempre cria vínculo. Porque vínculos são, na sua essência, pessoais

Desde o dia 21 de janeiro, participo de uma iniciativa A Educação a Distância no Contexto Atual: 50 temas e 50 dias online. A ideias é ter 50 dias de debate online, as contribuições serão compiladas e selecionadas e-book. Essa iniciativa é um projeto do Grupo A, a ABED e o Guia EAD Brasil. Vou compartilhar minhas impressões sobre os temas, por aqui. Ótimos 50 dias para nós. A apresentação do tema 23 é: Chats, Webconferences e/ou Fóruns funcionam na EAD? Podemos perceber que em alguns casos, as participações de alunos ocorrem apenas para “marcar presença” e não são tão significativas. Chats podem ser monótonos, webconferences sem nenhum participante e fóruns não avaliados com pouquíssimas participações. Quais desses recursos e estratégias vocês acreditam que funcionam mais nos cursos EAD para reforçar os vínculos, fortalecer a comunicação e o engajamento entre alunos e professores/tutores? Como tornar esses recursos show e não chatos?


Há um mundo de ferramentas de comunicação web. Cada uma com características específicas e que atendem a objetivos distintos. Daquelas apontadas, um chat é uma comunicação mais direta pessoa-pessoa; um fórum, para uma discussão linear sobre um assunto específico; uma webconferência, para uma exposição unilateral, com intervenção mediada. Todas elas, ferramentas institucionais nas quais podemos promover/ter mais ou menos engajamento.

Para tornar esses recursos “show” o caminho mais certo é usar as estratégias de comunicação e marketing. Sim, marketing. É uma ciência que tem a promoção e o engajamento como resultado fim. Não sejamos preconceituosos. Admitamos que a multidisciplinaridade da educação a distância tem que se permitir alguns recursos ditos “comerciais”, feitos por profissionais da área. Só assim, criaremos shows de fato nesses canais de comunicação.

Mas… sempre tem um mas…

Quando falamos de vínculos, é preciso fugir do formalismo. Vínculos relações pessoais, criadas e mantidas por mecanismos pessoais. Por isso, para promover esse tipo de relação, é preciso se voltar para as ferramentas de mídias sociais. No Brasil, os vínculos em meio digital se dão, essencialmente, pelo WhatsApp.

Com isso, fecho relembrando: o primeiro caminho para resultados eficientes em EaD é o desenho educacional ser pensando e planejado de forma estratégica, sem perder o foco dos objetivos educacionais e de aprendizagem idealizados. Com isso, as escolhas, inclusive dos canais de comunicação, serão claras e as formas de otimizadas desde o início do curso.

E você, o que pensa?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.